Pular para o conteúdo

Analisando as Ordens Rosacruzes

Coluna com traduções dos textos do blog do Sam Robinson. Esta é uma tradução do artigo “Introducing My Rosicrucian Review” realizada por Jeff Alves.

Parte 1: Introdução à Análise das Ordens Rosacruzes

Há tantas Ordens Rosacruzes lá fora para iniciantes que está se tornando difícil escolher qual organização pode melhor atender em suas próprias buscas espirituais. Então vamos resolver este problema.

Uma das coisas que eu sempre quis fazer é avaliar apropriadamente cada uma das ordens agindo sob o manto do nome "Rosacruz". Há inúmeras ordens lá fora e algumas delas parecem concorrentes ou pelo menos compartilham semelhanças suficientes que será útil ajudar os leitores e novos buscadores a distinguir melhor entre essas excelentes fraternidades.

Então, chegou o momento de por esta ideia em ação e lançá-la como o anúncio de hoje.

**********

Fique atento a este blog para os comentários sobre as Ordens Rosacruzes

**********

Judges

Ao longo dos próximos meses, vou tomar medidas para julgar com cuidado e analisar cada uma das variadas Ordens Rosacruzes. Vou rever os seus pontos fortes e fracos e os materiais que elas oferecem.

As Ordens Rosacruzes que eu irei rever ou é totalmente Rosacruz no nome, (como a Societas Rosicruciana in Anglia) ou tem elementos Rosacruzes, como a Golden Dawn e o Martinismo. Em particular eu devo prestar especial atenção às seguintes ordens:

- AMORC
- Confraternidade da Rosa+Cruz
- Ordem Martinista
- Fraternidade Rosacruz
- Lectorium Rosicrucianum
- Ordem Hermética da Aurora Dourada (Ordem Rosacruz Interna)
- Societas Rosicruciana in Anglia
- Societas Rosicruciana in America

Eu posso ter esquecido de analisar algumas Ordens, mas se você acha que alguma deva ser, por favor deixe um comentário na página de comentários do meu blog. Usar um sistema de classificação em estrelas/pontos vai ser a melhor forma para isto, então cada uma das Ordens irá ser julgada com pontos atribuídos com base no desempenho que tiveram. No final desta série também irei oferecer um bônus surpresa, revelando alguns relatos/entrevistas confidenciais de duas Ordens Rosacruzes desconhecidas:

The Cromlech Temple
Les Villiers of Schwaller de Lubicz

Segue abaixo como eu irei fazer a Análise das Ordens Rosacruzes:

PRIMEIRO PASSO: LANDMARKS

A fim de iniciar a revisão das respeitáveis Ordens Rosacruzes acima, acredito que uma norma é necessária para medir de forma adequada as suas qualidades.

Por isso eu vou continuar no próximo post estabelecendo "o que é Rosacruz e o que não é", utilizando os manifestos Rosacruzes originais como landmarks. Para aqueles leitores que não sabem o que os landmarks são; eles são normalmente utilizados na Maçonaria, como sinal para o que constitui uma ordem reconhecida e aceita. Pela observação cuidadosa da Fama, do Confessio e das Bodas Alquímicas de CRC, sendo os documentos primários do início dos anos 1600 que desencadearam o movimento Rosacruz, podemos avaliar melhor o quão perto as Ordens Rosacruzes de hoje se assemelham a esta tradição que pretendem encarnar.

SEGUNDO PASSO: SISTEMA DE CLASSIFICAÇÃO DE PONTOS/ESTRELAS

A Amazon criou um sistema de classificação para os seus produtos. Vou tentar implementar uma aplicação de classificação de estrela para permitir que os leitores também votem e tenham uma palavra a dizer. Agora as pessoas podem ficar um pouco emotivas e/ou esquentadas quando a sua fonte favorita da sabedoria é dissecada. É compreensível, especialmente se elas têm feito muita coisa boa e ajudou-os a se encontrar com amigos e formam ligações e vínculos gratificantes ao longo da vida. Meus comentários não vão ser subjetivos, vou abordar cirurgicamente estes comentários utilizando o método supracitado.

Os landmarks irão fornecer critérios para a indicação, e cada Ordem será medida e premiada com uma pontuação em termos de quanto elas cumprem e incorporam esses landmarks Rosacruzes.

No total, uma ordem pode adquirir até 100 pontos.

TERCEIRO PASSO: PARÁGRAFOS POSITIVOS DE DOIS MEMBROS

Não vamos fazer deste espaço uma plataforma para desacreditar outras sociedades que não vêem a luz da mesma forma que vemos. Até dois membros dessas ordens serão convidados a partilhar um pequeno parágrafo ou dois sobre elas. Eles podem ser tão subjetivos quanto preferirem, pois o seu papel é apenas compartilhar como ser um membro dessa ordem os beneficiou, o que lhes ensinou e como ela os mudou.

QUARTO PASSO: ATÉ 20 PONTOS BÔNUS POR UM FATOR-X

Cada Ordem tem algo especial. Algumas ordens têm melhores monografias, algumas têm ligações mais fortes com a alquimia e estão profundamente enraizadas em uma verdadeira tradição histórica. Em reconhecimento do que torna cada Ordem especial, até 20 pontos serão concedidos por este Fator-X. Isto é onde fica interessante porque este é o curinga, onde qualquer Ordem pode ganhar pontos extras por originalidade e excelência.

QUINTO PASSO: CONCLUSÃO FINAL DOS JUÍZES

A última seção será fornecida a partir de mim mesmo e de colegas que vêm de várias Ordens Rosacruzes e backgrounds. Eu encontrei neles maturidade e direção suficientes para fornecer este feedback. Vamos debater e cruzar as revisões dentro de um grupo fechado e fornecer o resultado final no meu blog. Concluiremos desta forma como cada Ordem pode ser capaz de melhorar a sua classificação tendo como base os landmarks estabelecidos.

Rosicrucian-DJ

Obrigado por ler a minha introdução ao 'Analisando as Ordens Rosacruzes.' Qualquer feedback é bem-vindo, e se você gostaria de contribuir e ser um dos membros que quer participar e fornecer um ou dois parágrafos sobre a sua experiência em alguma Ordem, não hesite em contactar-me.

Próximo post: Parte 2 Landmarks para a revisão das Ordens Rosacruzes. Portanto, fique atento para as minhas Avaliações das Ordens Rosacruzes.

O seu amigo no caminho,

Samuel Timoti Robinson

Grande Hierofante do Mystica Aeterna

**********

Nota: Esta é a primeira parte dos textos das avaliações das Ordens Rosacruzes. O primeiro post que traduzimos e publicamos aqui no Alvorecer foi a segunda parte destes textos. Você poderá ler a segunda parte aqui.

Veja mais textos do Sam Robinson no Mystica Aeterna (em inglês).

Sugestões de melhorias na tradução, enviar através de contato@oalvorecer.com.br

2 comentários sobre “Analisando as Ordens Rosacruzes

  1. Frater Soltys

    Um bom texto, e que se complementa com os meus. convido a leitura do meu também, onde trato das Ordens Externas da Rosacruz, oferecendo as devidas homenagens as mesmas.

    Responder
  2. Jaciara Junqueira

    Muito bom, minha opinião pessoal, é que um verdadeiro rosacruziano, nunca será um místico, ordens místicas, não conheçam talvez a própria luz, buscam essa luz e força na natureza.

    Responder

Deixe uma resposta