Qual é a verdadeira seiva que deve levar consigo?

Trecho do livro "Homem: Sua Verdadeira Natureza - Sobre o Homem" de Louis-Claude de Saint-Martin.

seivaQual é a verdadeira seiva que deve levar consigo, em seu curso, todas as coisas? Você que aspira ser admitido no grau dos trabalhadores do Senhor, sabe qual é.

Você sabe que ela deve animar suas próprias essências e que ela flui da eterna Geração Divina.

Você sabe que ela não pode circular em si sem retraçar a própria Geração Divina eterna.

Você sabe que até mesmo a menor parte de seu ser deve ser vivificada por esta seiva.

Você sabe que o poder desta seiva vivifica e rege todas as regiões espirituais, assim como as estrelas, animais, plantas e todos os elementos visíveis ou invisíveis.

Você sabe que o que ela faz por todas as coisas, ela tem o direito de fazer pelo homem, se ele não se opusesse.

Portanto se apresente ao Princípio eterno desta seiva fecundante e diga: "Oh, Autor Supremo de todas as coisas, não permita que tua imagem seja degradada e caia na futilidade. Toda a Natureza experimenta contínua e diretamente os efeitos de tua seiva, e não é, nem por um instante, privada de sua ação vivificante; o Homem não está sujeito à tua imagem por ser menos favorecido que a Natureza e outras criaturas feitas por ti; faça-o tomar parte do mesmo benefício; permita-o ser reconciliado com tua Unidade universal e, a partir de então, como tu, ele jamais se movimentará sem que o universo visível e invisível se movimente com ele; ele não irá se mexer sem estar rodeado de agentes que o tornarão um participante de tua Glória e poder".

Isto, Oh Homem de Desejo, é o objetivo ao qual todos os seus esforços devem tender. Você tem em si a porta pela qual esta seiva deve entrar. Se você compreender isto, como uma ajuda espiritual humana, ou que por força das circunstâncias, todas as outras portas estão fechadas a ti, alegre-se por isto, pois é prova que o Pai Supremo pode, assim, lhe forçar a olhar por esta porta sagrada, onde Ele espera por você, e pela qual Ele lhe dará acesso às maravilhas que lhe são preparadas.

Agora, estas maravilhas envolvem o círculo universal de tudo, que já foi o alicerce de teu império; e uma prova de que todos os poderes, visíveis e invisíveis, estavam presentes na ocasião de seu nascimento primitivo, é que eles estão sensivelmente presentes em sua regeneração, e cada um faz a sua parte nesta regeneração. Assim, se Deus deseja que todos os segredos sejam descortinados ao Homem, o que há de permanecer oculto a nós? Tão logo olharmos Deus dentro de nós, veremos nele todas as regiões.

Deixe uma resposta